Construindo bons negócios!


Cooperativismo / institucional


Responsabilidade, ajuda mútua, gestão democrática e esforço próprio de cada membro da cooperativa. Este é o eixo que traça o conceito e os valores do cooperativismo, que beneficia todas as partes envolvidas. Uma cooperativa é, então, um meio encontrado por grupos de pessoas, empresas ou instituições que têm os mesmos objetivos específicos, através de um acordo voluntário para a cooperação recíproca.

Atualmente, diversas empresas e instituições estão apostando nesta forma de fusão, através de associações e cooperativas, com o objetivo de otimizar suas transações e negociações, independentemente do ramo em que estejam atuando no mercado. O cooperativismo está presente hoje em todo o mundo, gerando soluções e benefícios para mais de 800 milhões de pessoas. Na Organização das Cooperativas do Brasil (OCB) existem cerca de 7,5 mil cooperativas registradas, unindo 5,3 milhões de cooperados e 171 mil pessoas empregadas.

As cooperativas surgem com a união voluntária de seus membros, que buscam juntar e potencializar suas forças, para satisfazer pretenções e necessidades econômicas, sociais e culturais comuns, tornando-se verdadeiras empresas comunitárias. Elas têm a finalidade de distribuir produtos e serviços aos cooperados, com condições especiais e mais vantajosas - o que, possivelmente, cada membro não conseguiria isoladamente.

Os princípios do cooperativismo são as normas que regem essas organizações e definem como será a relação entre a cooperativa, os cooperados e o mercado. Entre eles estão adesão voluntária e livre, gestão democrática pelos membros, autonomia e independência, intercooperação e, claro, uma participação efetiva de todos, para que o sucesso e as metas traçadas sejam alcançados e até superados.